Burlão da Segurança Social em Viana do Castelo

06-DEZ-2007

Idosa ficou sem a reforma de 250 euros. Homem aparenta 30 a 40 anos.

Uma mulher de 69 anos, de Alvarães, Viana do Castelo, foi burlada por um falso técnico da Segurança Social que acabou por lhe roubar cerca de 250 euros.

O burlão, aparentando entre 30 e 40 anos, apresentou-se na casa da mulher como sendo da Segurança Social, o que a vítima, com deficiência motora, não estranhou porque já tinha contactado aquele organismo solicitando apoio para construção de uma rampa na casa onde habita.

«Como ando em cadeira de rodas, tinha pedido ajuda há mais de um ano, para me construírem aqui uma rampa de acesso a casa. Na altura, até perguntei ao moço por que é que demoraram tanto tempo a vir cá, mas ele disse-me que estas coisas levam sempre o seu tempo», contou a vítima, Lucinda Sá, moradora na Rua do Paúzo, em Alvarães.

O indivíduo «tornou-se ainda mais convincente» quando pediu à sexagenária o cartão de beneficiária e o nome dos medicamentos que está a tomar, «exactamente como fizeram as técnicas da Segurança Social, quando ali se deslocaram».

Quando a idosa pegou na bolsa onde tinha os rótulos dos medicamentos, o burlão apanhou o envelope com a reforma e roubou-o, pondo-se imediatamente em fuga.


O indivíduo já andaria «a rondar a porta», há três ou quatro dias, fazendo-se transportar num Opel Corsa cinzento com as letras RP na matrícula.

  • Partilhar