Prémio de Investigação - Cónego Jorge Coutinho

22-JAN-2018

Alvarães Viana do Castelo

Alvarães tens nas suas gentes o reconhecimento de várias entidades o executivo da Vila de Alvarães agradece à Comissão da Quaresma e solenidade da semana santa de Braga de homenagear o Dr. Jorge Coutinho natural de Alvarães.
Prémio Jorge Coutinho

...

A Comissão da Quaresma e Solenidades da Semana Santa de Braga tem como objetivo promover a realização das solenidades quaresmais, valorizando-as.

Considerando que a investigação académica ajuda à sua melhor compreensão e, por isso mesmo, a dignificar a sua realização; e que a Comissão pretende expressar a sua gratidão a todos os que, ao longo dos séculos e no passado recente, tornaram possível a dimensão e a qualidade que as cerimónias da Quaresma e Semana Santa adquiriram em Braga, deliberou a Comissão atribuir o nome do Cónego Jorge Coutinho a este Prémio, quer pelo seu empenho nesta Comissão, quer pela sua dedicação à academia bracarense.

Este prémio será bienal, coma primeira edição no final deste ano civil (2018).


Breve biografia do dr. Jorge Coutinho

Jorge Peixoto Coutinho era natural de Alvarães, Viana do Castelo, onde nasceu a 7 de novembro de 1939. Foi ordenado sacerdote, a 15 de Julho de 1962, no Seminário da Arquidiocese de Braga. Faleceu a 9 de novembro de 2015.

O Cónego Jorge Coutinho dedicou toda a sua vida ao ensino, à investigação e à formação. Em 1970, foi nomeado vice-reitor do Seminário Conciliar.

Movia-o, também, um zelo particular pelos mais desfavorecidos, como testemunham os anos em que foi capelão do Colégio de S. Caetano e Presidente da Assembleia Geral da Fraternidade Sacerdotal.

As licenciaturas em Filosofia pela Universidade Gregoriana em Roma (1965) e em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (1974) deram ao Prof. Jorge Coutinho as bases sólidas para prosseguir com o seu doutoramento em Filosofia pela Faculdade de Filosofia de Braga. Escolheu para tema de dissertação “O pensamento de Teixeira de Pascoaes” (1995).

Ao nível académico, foi docente do Seminário Conciliar de Braga, posteriormente da Faculdade de Teologia e da Faculdade de Filosofia, onde lecionou diversas disciplinas, tais como Filosofia, Filosofia do Conhecimento, História da Filosofia e Teologia Filosófica. Publicou três livros, sendo o mais recente "Caminhos da razão no horizonte de Deus. Sobre as razões de crer" (2010).

Publicou, também, dezenas de artigos e recensões.

Em 1985, foi eleito cónego capitular do Cabido Metropolitano e Primacial Bracarense e, em 2003, Arcediago do Cabido. Neste domínio, é de sublinhar o enorme contributo que o Cónego Jorge Coutinho deu, por vários anos, à organização da Semana Santa, o que lhe valeu o reconhecimento das mais diversas instituições eclesiais e civis.

  • Partilhar