Freguesia de Alvarães promove tempos livres para que luso-descendentes preservem língua e conheçam tradições meninos alvarães

19-DEZ-2016

Na freguesia de Alvarães, a Junta de Freguesia resolveu criar um programa de ocupação de tempo livres para luso-descentes numa tentativa de ajudar o mais novos a preservarem a língua portuguesa e a conhecerem melhor as tradições locais. Numa altura em que a freguesia de Alvarães é fortemente atingida pela emigração, a Junta de Freguesia criou um programa para ajudar os luso-descendentes a manterem a “ ligação à terra natal”. Fernando Martins, autarca local, explicou que, devido ao aumento da emigração, a ideia é que “os filhos dos nossos conterrâneos não percam o contacto com a terra natal”. Por isso mesmo, as atividades que estão a promover ”são sobretudo focadas na linguagem e nos usos e costumes da nossa terra”, como explicou à Geice o responsável. O responsável pela Junta de Alvarães conhece bem a importância desta iniciativa, pois também ele foi emigrante em França. Depois de ter recebido solicitações várias por parte dos conterrâneos que tiveram de emigrar, optou por criar este projeto, para que “os filhos não percam a ligação à freguesia”. “É uma primeira experiência que esperamos que tenha resultados positivos, para podermos continuar”, afirmou Fernando Martins. Os tempos livres incluem o intercâmbio com idosos e a aprendizagem de tradições da freguesia, jogos tradicionais, canções populares, culinária e visitas à cidade de Viana do Castelo. As crianças tomam também contacto com os andores floridos, ex-libris das festas da vila, as Festas de Santa Cruz e dos Andores Floridos. Os tempos livres começaram no final do mês de junho, com o término de mais um ano letivo e o regresso dos emigrantes à terra” e terminam no dia 24 de julho. Para além de filhos de luso-descendentes, o projeto acolhe também as crianças que vivem em Alvarães, num total de 85 meninos e meninas. Ao longo desta iniciativa, que é dirigida a crianças com idades compreendidas entre os 7 e os 13 anos, os mais novos são incentivados a falar português com regularidade. Esta é uma iniciativa apoiada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, incluindo também visitas a vários monumentos da cidade.

  • Partilhar